Confederação do Desporto de Portugal
 
CDP Comunicação e Marketing Notícias Desporto FPCiclismo Seleção Nacional/Liberty Seguros - Nelson e Tiago querem melhorar resultados do ano passado

Seleção Nacional/Liberty Seguros - Nelson e Tiago querem melhorar resultados do ano passado

nelosn-tiagoNelson Oliveira e Tiago Machado são, pelo segundo ano consecutivo, os representantes da Seleção Nacional/Liberty Seguros no contrarrelógio de elite do Campeonato do Mundo. Os dois portugueses competem na prova de 47,1 quilómetros, que vai realizar-se em Ponferrada, Espanha, na tarde desta quarta-feira.

A meta principal de ambos os atletas é melhorar as respetivas classificações, relativamente a 2013, ano em que Nelson Oliveira foi o 15.º classificado e Tiago Machado estabeleceu o 39.º registo.

“Venho com ideias de melhorar o resultado do ano passado. Seria bom entrar nos dez primeiros”, afirma Nelson Oliveira. “Vou dar o máximo em prol do meu país. Lutarei por fazer melhor do que há um ano, até porque esta época correu-me bem, ao contrário da anterior, chegando aqui com mais moral, o que pode ser determinante naqueles momentos em que a força física já é pouca e é necessário força mental para fazer a diferença”, explica Tiago Machado.

O primeiro a ir para a estrada é Nelson Oliveira, às14h02. Tiago Machado parte às 14h30. O selecionador nacional, José Poeira, pretendia que a ordem fosse inversa, mas a UCI estabelece a grelha de saída de acordo com o ranking de mérito, não tendo atendido à pretensão da equipa técnica nacional. “Acho que temos todas as condições para colocar os dois corredores nos 20 primeiros, o que seria um bom resultado”, entende o selecionador.

Nelson Oliveira dividiu a temporada em duas partes: até à Volta a França trabalhou de acordo com as necessidades da equipa que representa, a Lampre-Merida, mas, desde então, teve liberdade para preparar pormenorizadamente a prova desta quarta-feira. “Desde o Tour tenho vindo a fazer trabalho específico de contrarrelógio. Empenhei-me ao máximo para chegar bem a Ponferrada. Resta-me agora esperar que esse esforço dê frutos e que possa estar num bom dia no contrarrelógio”, confessa o ciclista natural de Anadia.

Os 47,1 quilómetros de luta contra o tempo terminam com na parte mais difícil dos circuitos de fundo, levando os contrarrelogistas a fazer as duas subidas que, no domingo, poderão ser determinantes para encontar o campeão mundial de fundo.

“O percurso é duro, o que se adapta a mim. Vai ser uma hora de esforço intenso, que irá tornar-se muito longa. O segredo passa por dosear bem o esforço nos primeiros 30 quilómetros, porque estou convencido de que o contrarrelógio se decidirá nas subidas”, analisa Nelson Oliveira.

Tiago Machado conhece parte do traçado, onde já correu em 2010, num contrarrelógio da Volta a Castela e Leão ganho por Alberto Contador e no qual o famalicense foi o 14.º. “Já fiz parte deste contrarrelógio, conheço bem as subidas e acredito que poderão favorecer-me. Ao longo da época tenho feito bons contrarrelógios e ainda poderiam ter sido melhores se tivesse a oportunidade de fazer mais trabalho específico na cabra, o que aconteceu pouco em 2014”, diz Machado.

Fonte: UVP/FPC 23/09/2014

Parceiros Oficiais

Logótipo da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto. Logótipo do Instituto Português do Desporto e Juventude. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo dos Jogos Santa Casa.

Parceiros Comerciais

Logótipo da agência de viagens Cosmos. Logótipo da Sagres. Logótipo da Multicert. Logótipo da MDS.

Parceiros Comunicação

Logótipo da RTP. Logótipo do SAPO Desporto. Logótipo de "A Bola".
Este site utiliza cookies para ajudar a sua experiência de navegação. Ao navegar sem desativar os cookies, estará a concordar com a nossa política de cookies e com os nossos Termos, Condições e Política de Privacidade.