Confederação do Desporto de Portugal
 
CDP Comunicação e Marketing Notícias Desporto FPAutomobilismoK Automobilismo - Pedro Peres vence no Fundão e passa para a frente do Open

Automobilismo - Pedro Peres vence no Fundão e passa para a frente do Open

À semelhança do que aconteceu o ano passado, o Campeonato Open de Ralis voltou a conhecer dois vencedores diferentes em igual número de provas disputadas, o que atesta bem da crescente competitividade deste campeonato gizado pela FPAK em 2007. Depois de na ronda de abertura da temporada se ter visto batido pelo muito aguerrido Ricardo Costa no Norte do País, o bi-Campeão em título Pedro Peres logrou agora assinar o triunfo na tirada da Escuderia Castelo Branco que levou pilotos e máquinas até à zona do Fundão para o Rali Cereja do Fundão.

Tal como na primeira prova do ano, a luta pelo triunfo começou por ter como protagonistas Pedro Peres (Ford Escort RS Cosworth) e Ricardo Costa (Mitsubishi Carisma Evo VI), o que deixava antever mais uma renhida prova até final. A defender o ceptro, Peres começou mais forte e levou a primeira Especial de vencida, mas Costa não se fez rogado e respondeu de imediato, assinando o melhor tempo na segunda Classificativa. Com a luta a começar a desenhar-se de forma muito emocionante, Peres respondeu com nova vitória enquanto Costa voltava a ficar-se pela segunda posição.

A chegada da quarta Especial deixava antever uma resposta por parte do vencedor da primeira jornada do ano, mas a verdade é que a quebra do diferencial do Carisma colocou ponto final nas intenções de Ricardo Costa, que se viu obrigado a desistir e, desta forma, deixou o caminho livre para Peres rumar à primeira vitória do ano. Sem concorrência capaz de lhe fazer frente, o piloto do Escort RS Cosworth fez prova tranquila até final, isto apesar de ter levado de vencida as demais Classificativas, para saltar para a frente do Campeonato com este primeiro triunfo do ano.

Enquanto isso, logo atrás assistia-se a animada contenda pelas restantes posições do pódio. Armindo Neves (Hyundai Coupé Kit Car) começou melhor neste particular, rodando na terceira posição e mantendo à margem os rivais João Ruivo (Fiat Stilo) e Jorge Santos (Citroën Saxo Kit Car). Sempre com cronos muito regulares, Neves beneficiou da desistência de Costa para ascender à segunda posição, mas a incapacidade de apresentar a partir de então resultados suficientemente rápidos e o fortíssimo ritmo apresentado por Santos fez com que se começasse a antever mudanças na frente da tabela.

Santos, que começou por ser sétimo, foi subindo ao longo da prova para ser terceiro após a quinta Especial por troca com João Ruivo. Não satisfeito com tal resultado, o piloto do Saxo Kit Car foi então em busca de Neves para acabar por o passar ao cair do pano, precisamente na última Classificativa. João Ruivo terminou em quinto, seguindo-se Luís Mota e Frederico Ferreira, que logrou o segundo triunfo consecutivo entre os homens do Campeonato de Portugal de Clássicos – Ralis.

Sem contar, como na prova de abertura do ano, com concorrência de monta, Ferreira não teve problemas em levar de vencida a tirada da Escuderia Castelo Branco no que toca às máquinas mais antigas, batendo António Freitas por pouco mais de 1m10s, enquanto o mais baixo do pódio ficou a cargo de Vítor Torres, muito longe dos dois primeiros. Ferreira garantiu ainda, como é natural, o triunfo entre os Clássicos 81, enquanto Freitas e Torres inverteram o resultado da primeira jornada no que toca aos Clássicos 74, ou seja, António foi primeiro e Vítor segundo.

Quanto aos mais novos do Campeonato de Portugal Júnior de Ralis a vitória foi para Francisco Grilo, que somou os primeiros pontos do ano e ocupa neste momento o terceiro posto no Campeonato, isto enquanto António Freitas somou mais um segundo posto e André Pimenta, vencedor da primeira jornada, se quedou pelo mais baixo do pódio. A fechar, referência para a classificação dos três primeiros do Campeonato Regional de Ralis, com o triunfo a caber a Armindo Neves, seguido de Luís Mota e Paulo Correia.

Fonte: FPAK 19/02/2009

Parceiros Oficiais

Logótipo da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto. Logótipo do Instituto Português do Desporto e Juventude. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo dos Jogos Santa Casa.

Parceiros Comerciais

Logótipo da agência de viagens Cosmos. Logótipo da Sagres. Logótipo da Multicert. Logótipo da MDS.

Parceiros Comunicação

Logótipo da RTP. Logótipo do SAPO Desporto. Logótipo de "A Bola".
Este site utiliza cookies para ajudar a sua experiência de navegação. Ao navegar sem desativar os cookies, estará a concordar com a nossa política de cookies e com os nossos Termos, Condições e Política de Privacidade.