Motociclismo - Hélder Rodrigues sobe ao pódio no seu regresso às corridas

A dupla Ruben Faria/ Hélder Rodrigues, participou, no passado fim-de-semana, na prova de abertura do Campeonato Nacional de Enduro, prova de motociclismo fora-de-estrada que decorreu na região de Gouveia.

Os pilotos do Lagos Team encaram a prova como um treino, não pelo resultado que conquistaram, mas porque foram estrear as motos na prova, sem as conhecer antes de partirem para a corrida.

Todavia, o magnifico terceiro lugar de Hélder Rodrigues, que regressou às competições depois de muito tempo parado, satisfez a equipa, que conta com os apoios da Caixa Geral de Depósitos, da Sagres Zero e da TMN.

Apesar de ter andado na luta pelos lugares cimeiros Ruben Faria teve de abandonar a prova, já na última das quatro voltas ao percurso, ao contrair uma lesão no pé esquerdo, que veio, posteriormente a confirmar-se não ser grave.

A cidade de Gouveia, intimamente relacionada com a Serra da Estrela, onde foi desenhado o percurso, teve, este ano, como concorrentes, dois dos melhores pilotos internacionais de motociclismo, inscritos pelo Lagos Team e a estrear as Honda CRF250, que ambos não tiveram hipótese de adaptar ou evoluir as afinações a seu gosto.

Classificado no terceiro lugar, Hélder Rodrigues fez um balanço positivo neste regresso às corridas: "Estive bastante tempo parado, por isso estou satisfeito com o resultado, tendo em conta que a moto é nova e fui descobrindo as suas reacções ao longo da prova. Foi uma jornada dura, com quatro passagens pelo percurso, além das provas especiais cronometradas, como a de motocross. Sinto que temos potencial para nas próximas provas, tanto eu como o Ruben, entramos, na discussão pela vitória".

Ruben Faria, também mostrou o seu talento em Gouveia, mas esta prova foi mais uma espécie de treino, para conhecer a moto. A sorte ditou uma entorse no pé esquerdo na zona mais difícil da prova, "Trialeira" e o piloto do Lagos Team não quis arriscar: "Há seis anos que não corria nos Enduros, e este ano vamos participar com o Lagos Team para não ficar tanto tempo parados entre as provas de TT internacionais. A prova não estava a correr nada mal, mas numa altura em que já faltava pouco para o fim, lesionei-me e, por precaução, decidi que era melhor não forçar. Penso que estamos a fazer um bom trabalho, sem o stress de ter de mostrar alguma coisa a alguém. Temos, sim, de nos preocupar com o desenvolvimento e adaptação das motos e os resultados vão aparecer naturalmente."

A próxima participação do Lagos Team será a 16 e 17 de Fevereiro em Ourém.