Motociclismo - Figueira da Foz vai acolher os Seis Dias Internacionais de Enduro

A Figueira da Foz vai receber os Seis Dias Internacionais de Enduro (ISDE) em 2009, prova que vai atrair cerca de 3.000 pessoas e é considerada a competição olímpica do motociclismo, sucedendo a Coimbra 10 anos depois.

"Numa altura em que acabámos de perder o Dakar, já que só houve meia-partida, é importante continuar na senda dos grandes eventos desportivos. Serão 3.000 pessoas durante 15 dias", afirmou o presidente da Federação Nacional de Motociclismo (FNM), Jorge Viegas, na apresentação da iniciativa, hoje, no Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa.

Viegas destacou as 12 provas internacionais que a FNM já organiza por ano e estimou a presença de cerca de 500 pilotos de 35 países na 84ª edição de um evento orçado entre "1,5 e dois milhões de euros" e que Portugal recebe pela segunda vez, já que os ISDE1999 foram realizados na região de Coimbra.

O presidente da Federação Internacional de Motociclismo (FIM), o venezuelano Vito Ippolito, realçou os "resultados excelentes de há 10 anos" de uma competição "muito complexa de organizar e cujos resultados são seguidos em todo o Mundo, pois é como que as Olimpíadas do motociclismo".

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto, Laurentino Dias, agradeceu a decisão da FIM e sublinhou o facto de o Desporto ser um "excelente veículo de propaganda de Portugal" - "um exemplo de como somos capazes".
"Será como um bálsamo após a decepção que foi o cancelamento do Lisboa-Dakar, que deixou uma marca triste", concluiu, aproveitando para confirmar o apoio do Instituto do Desporto de Portugal a esta iniciativa da FNM.

Entre 5 e 10 de Outubro de 2009, além da Figueira da Foz e das serras das redondezas, também Águeda vai receber os ISDE, no último dia de corridas, num evento que totaliza entre 1.200 e 1.600 quilómetros de percursos variados e dividido por quatro categorias, embora possam participar pilotos a título individual: Troféu Mundial, Troféu Júnior, Troféu Clubes e a Taça Senhoras.