Confederação do Desporto de Portugal
 
CDP Comunicação e Marketing Notícias Desporto FADU Surf - Campeonato Nacional Universitário Rip Curl 09 powered by Post It

Surf - Campeonato Nacional Universitário Rip Curl 09 powered by Post It

Universidade Lusófona, Marta Fernandes e Filipa Prudêncio revalidam títulos – Tiago Silva e Francisco Canelas são os novos campeões masculinos.

Foi um fim-de-semana intenso, o que ontem terminou na Praia Grande, em Sintra. Durante dois dias, cerca de 180 atletas disputaram entre si os títulos nacionais de surf e bodyboard universitário, com boas ondas de cerca de 1 m, em frente ao Bar do Fundo, na ponta sul daquela praia, que recebeu milhares de pessoas neste primeiro verdadeiro fim-de-semana de “Verão”.

Com uma estrutura digna de um Campeonato Nacional, que definiu os títulos individuais e por equipas deste ano, a organização e o staff técnico conseguiram responder ao desafio, criando um sistema de palanque duplo durante a maioria do evento, reforçado pelo  “water-patrol” Ramon, que ajudou a criar alguma paz para os competidores, dentro de água.

E depois de uma competição intensa, foram encontrados os Campeões Nacionais Universitários 09. Nas provas femininas, as vencedoras acabaram por ser as mesmas de 08, com Marta Fernandes, da Escola Superior de Hotelaria do Estoril, a mostrar porque é também a actual líder do ranking europeu de bodyboard feminino, ao impor com bastante autoridade o seu excelente nível, deixando Carolina Gaspar na segunda posição e Janaína Sousa na terceira.
No surf feminino, Filipa Prudêncio, do Instituto Superior Técnico, também repetiu o título conquistado em 08, mas teve uma concorrência forte e só na sua última onda é que conseguiu marcar a diferença para uma jovem Joana Machado, que liderou a maior parte da bateria final mas que teve de contentar-se com a segunda posição por uma diferença de quatro décimas de ponto. Outras duas surfistas muito jovens, Francisca Tenreiro e Raquel Sampaio, ficaram respectivamente na terceira e quarta posição.

Já nas provas masculinas de surf e bodyboard, os vencedores deste ano foram dois atletas diferentes dos que tinham conquistado os títulos nacionais em 08. Aliás, a competitividade foi tal que João Barciela (bodyboard) e Marco Silva (surf) foram eliminados nos quartos-de-final e meias-finais, respectivamente.

A final de bodyboard foi uma das baterias mais disputadas de todo o evento, com o único 10 (nota máxima) a saír dos dedos dos juízes. O autor dessa onda acabou mesmo por ser o vencedor, Tiago Silva, do Instituto Politécnico do Porto, que já tinha uma nota de 6.25 para juntar ao 10 conquistado, conseguindo assim o primeiro lugar e derrotando António Azevedo, que tinha feito uma onda de 9 pontos uns minutos antes, tendo de contentar-se com o segundo lugar mesmo assim. Paulo Murça foi o terceiro classificado e Hugo Chicharro o quarto.

“É o meu primeiro ano de faculdade e conseguir o título logo na primeira tentativa é fantástico,” afirmou Tiago. “As ondas estavam perfeitas para o bodyboard na final e eu acabei por não ouvir muito bem as notas, o que foi bom. Porque acho que se soubesse que o António tinha feito aquele 9, ia sentir muito pressão… e se calhar não conseguia o 10, que foi um belo tubo!” conclui satisfeito.

Também no surf masculino a luta foi renhida entre os quatro finalistas, mas quando Francisco Canelas, da Universidade de Lisboa, fez uma boa onda que lhe valeu 7.5, os restantes atletas ficaram a lutar pelo segundo lugar. O vice-título nacional ficou então com João Guerra (campeão em 07), que bateu Pedro Soares por 15 centésimas de ponto e assim teve de se contentar com o terceiro posto, à frente de Patrick Stillwell, uma das grandes surpresas do Campeonato.

“Estou muito feliz por ser Campeão Nacional Universitário,” comentou Canelas, “pois este é o último ano em que posso competir como estudante e há cerca de um ano – precisamente numa etapa do Universitário – que não ganhava uma prova. Foi um fim-de-semana óptimo, com altas ondas e muito bom ambiente. O título foi mesmo a cereja no topo do bolo,” disse ainda Francisco, que venceu todas as suas baterias.

Por equipas, a Universidade Lusófona voltou a conquistar o título de campeã nacional de surf e bodyboard universitário, deixando a Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa em segundo lugar, por larga margem, e a Universidade de Lisboa no terceiro posto.

“Foi fantástico,” afirmou Sandro Maximiliano, professor na Universidade Lusófona e principal mentor deste campeonato. “Apesar de não termos conseguido fazer um circuito de várias etapas, como em 08, por falta de patrocínios suficientes, esta prova única correu muito bem, com um recorde de inscritos, ondas excelentes, um tempo magnífico e um ambiente de praia muito bom. Isto mostra que o desporto universitário está vivo e de muito boa saúde, abrindo boas perspectivas para 2010 e, quem sabe, para uma surpresa ainda este ano,” concluiu o também ex-campeão nacional universitário.

Entre os muitos atractivos desta prova, destaque para os prémios  aliciantes que a Take Off Surf Travel ofereceu, como viagens às Maldivas; para uma palestra especializada sobre a forma de evitar lesões no surf; até à Zona Lounge, que funcionou a partir das 18 h de Sábado, com a presença das Light Models.

Destaque ainda para o facto de este ter sido o primeiro campeonato de surf em Portugal parcialmente alimentado por energias renováveis. Com uma pequena estação fotovoltaica colocada na praia, a WS Energia conseguiu produzir a energia suficiente para suportar uma boa parte do evento, provando que é possível ser auto-sustentável, até nas carências energéticas que um campeonato de surf acarreta.

Mais uma inovação que o Campeonato Nacional de Surf Universitário Rip Curl 09 powered by Post It trouxe ao surf nacional e que poderá verificar grandes melhorias para 2010. Até lá!

Para mais informações, pode aceder ao sítio oficial do evento, em www.nacionalsurfuniv.com.

Fonte: Infordesporto 01/06/2009

Parceiros Oficiais

Logótipo da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto. Logótipo do Instituto Português do Desporto e Juventude. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo dos Jogos Santa Casa.

Parceiros Comerciais

Logótipo da agência de viagens Cosmos. Logótipo da Sagres. Logótipo da Multicert. Logótipo da MDS.

Parceiros Comunicação

Logótipo da RTP. Logótipo do SAPO Desporto. Logótipo de "A Bola".
Este site utiliza cookies para ajudar a sua experiência de navegação. Ao navegar sem desativar os cookies, estará a concordar com a nossa política de cookies e com os nossos Termos, Condições e Política de Privacidade.