Universíadas de Verão 2015: Seleção de Andebol participa pela primeira vez e já conhece adversários

A seleção nacional universitária de Andebol masculino, atual Campeã Mundial Universitária, vai marcar presença, pela primeira vez, na 28ª edição das Universíadas de Verão, que vão decorrer de 3 a 13 de julho, em Gwagju, na Coreia do Sul. A equipa, liderada pelo também selecionador da Federação de Andebol de Portugal, Rolando Freitas, conheceu hoje, dia 13, os seus adversários no sorteio que teve lugar na cidade anfitriã.

A habitual presença portuguesa nas Universíadas de Verão vai, este ano, ser complementada com a participação coletiva no Andebol masculino. A delegação portuguesa é, este ano, chefiada pela presidente da Federação Académica de Desporto Universitário (FADU), Filipa Godinho.

“Depois de, nos últimos anos, não ter sido possível o enquadramento de uma modalidade coletiva nas delegações às Universíadas de Verão, este ano, após o título da modalidade de Andebol universitário masculino, surgiu novamente a oportunidade, que será certamente um estímulo para os desportos universitário e federado trabalharem lado a lado no cumprimento da importante missão do desenvolvimento desportivo nacional”, afirma a presidente.

A modalidade tem ganho expressão em Portugal e a nível universitário também. Após a organização do Campeonato Mundial Universitário de Andebol, em 2014, a Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM) e a Universidade do Minho (UM) vão voltar a organizar, em Braga, um campeonato universitário da modalidade – Campeonato Europeu Universitário de Andebol 2015 (de 2 a 9 de agosto).

A equipa vai ser acompanhada pelo selecionador da Federação de Andebol de Portugal, Rolando Freitas, que conta com Luís Monteiro e Gabriel Oliveira como treinadores adjuntos.

“A oportunidade de participar num dos maiores eventos desportivos internacionais tem que ser valorizada e vista, em função do crescimento que a modalidade tem tido no nosso país em geral, e ao nível da sua prática e popularidade universitária, em particular. O Andebol é tradicionalmente uma modalidade praticada por muitos alunos universitários, com elevados níveis de formação académica. Faz por isso, todo o sentido que Portugal possa estar representado com a sua melhor seleção universitária, e é para nós um orgulho termos essa primazia”, explica Rolando Freitas.

O sorteio que decorreu hoje, dia 13, em Gwangju, ditou o destino de Portugal, colocando-o no Grupo B juntamente com a República Checa e o Japão. Para Rolando Freitas, o título de campeão mundial é um fator relevante para os adversários e motivador para a equipa portuguesa. “Portugal irá encarar ambos os jogos, e os seguintes, com a ambição de fazer uma boa prova e colocar-se em condições de regressar contente ao nosso país”, deseja o selecionador.

Nos restantes grupos da competição ficaram: Grupo A – Coreia do Sul, Sérvia, México e Estados Unidos da América; Grupo C – Brasil, Hungria, Suíça e Israel; Grupo D – Rússia, Turquia e Lituânia.

A delegação portuguesa vai ainda participar nas modalidades de Ginástica, Atletismo, Remo, Esgrima, Taekwondo, Judo, Natação, Ténis de Mesa e Tiro com Arco

Fonte: FADU, 13/04/2015