CDP - Carlos Cardoso empossado Presidente da CDP

Carlos Cardoso com os secretários de estado do Desporto, Laurentino Dias, e da Reabilitação, Idália Moniz, depois da posse dos novos órgão sociais da CDP que ocorreu no dia 9 de Janeiro.
Image 
Image 

Os novos corpos sociais da Confederação do Desporto de Portugal (CDP) tomaram posse a 9 de Janeiro para o quadriénio 2007/2011, numa cerimónia decorrida em Lisboa, tendo Carlos Paula Cardoso sido reeleito para um novo mandato à frente dos destinos da instituição. 

Presentes no acto estiveram o secretário de estado da Juventude e do Desporto, Laurentino Dias, a secretária de estado Adjunta e da Reabilitação, Idália Moniz, e os presidentes do Instituto do Desporto de Portugal e do Comité Olímpico de Portugal, Luís Sardinha e Vicente de Moura, respectivamente. 


Carlos Cardoso apontou, no seu discurso, para a relevância da participação portuguesa nos Jogos Olímpicos de Pequim e, por outro lado, o significado que tem a discussão da Lei de Bases da Actividade Física e o papel do regime jurídico das federações desportivas. O presidente da CDP também sublinhou o facto de o Tratado de Lisboa "colocar pela primeira vez o desporto na esfera da União Europeia".    Image 



Laurentino espera muito de 2008
Laurentino Dias garantiu que o Governo tudo fará para cumprir com o apoio financeiro ao desporto.
"As estruturas dirigentes devem preocupar-se em dar as melhores condições de trabalho, pois temos um conjunto vasto de atletas que nos permitem pensar que 2008 será um grande ano desportivo para Portugal", realçou o governante, que respondeu à acusação feita pelo presidente da AF de Leiria, Júlio Vieira, de estar a fazer campanha para a presidência da FPF: "Onde é que ele descobriu isso no meu íntimo pensamento? Quando chegarmos à reunião de 25 de Fevereiro teremos o diploma do regime jurídico das federações melhorado pelo Conselho Nacional do Desporto. E as associações distritais de futebol também devem dar contributos positivos para beneficiá-lo.   Image 

Fonte: O Jogo