Presidente da Confederação do Desporto critico na Comissão de Desporto

O presidente da Confederação do Desporto de Portugal, Carlos Paula Cardoso, durante a audição de hoje, na Comissão de Educação, Ciência, Juventude e Desporto, mostrou-se bastante crítico com a atual situação que o setor do desporto atravessa, nomeadamente com a falta de apoios do Governo.

Durante a sua intervenção, Carlos Paula Cardoso, “alertou que o panorama atual é bastante assustador, uma vez que assistimos, na grande maioria das federações, a uma queda abrupta do número de inscrições quer de clubes quer de praticantes (em algumas atinge 60%)”. O presidente da CDP referiu ainda que “o tecido desportivo, nomeadamente ao nível de clubes de base, aqueles que ano após ano recebem os jovens lhes fornecem a formação inicial e preparam muitos deles para o serem futuros campeões, corre grande risco de quase desaparecer.”

Durante a sessão, Carlos Paula Cardoso, relembrou que “foi organizada, em conjunto com o Comité Olímpico de Portugal e Comité Paralímpico de Portugal, em julho, do ano transato, a 1ª Cimeira do Desporto, onde foram debatidos temas como: Sustentabilidade do Modelo Desportivo; Valorização Social do Desporto; Sistema Fiscal; Emprego e Voluntariado; Importância do Desporto no Turismo e Mobilização Desportiva. Após a realização desta Cimeira, que contou com a presença da quase totalidade dos presidentes das federações desportivas, as três entidades apresentaram ao Secretário de Estado da Juventude e Desporto, uma moção do Movimento Associativo, sem que até á data tenha produzido grandes desenvolvimentos, nomeadamente a questão da criação de um fundo que permitisse no arranque das práticas desportivas apoiar os clubes e associações, nomeadamente as de âmbito local, mas também as federações para ajudar a restabelecer, o agora muito depauperado, tecido desportivo de base”.

Por fim o presidente da Confederação alertou que é “fundamental recuperar o desporto, mas para isso o referido fundo será crucial”.

A audição pública das entidades do desporto sobre a situação vivida e as medidas necessárias, na sequência da aprovação de um requerimento do

Grupo Parlamentar do Partido Comunista Português, realizou-se por videoconferência.

Consulte aqui a intervenção do presidente da Confederação do Desporto de Portugal

Intervenção_Presidente_CDP


Fonte: CDP, 10/02/2021