Confederação do Desporto de Portugal
 
CDP Comunicação e Marketing Notícias CDP Geral Desporto não pode ficar de fora dos apoios financeiros disponibilizados pelo Governo

Desporto não pode ficar de fora dos apoios financeiros disponibilizados pelo Governo

A 2ª Cimeira das Federações Desportivas, que decorreu esta tarde com a presença quer no Pavilhão Multiusos, quer por videoconferência, de um elevado número de federações desportivas, aprovou por unanimidade a moção apresentada "Juntos pelo Desporto". O documento tem como temas fundamentais a Retoma das Atividades do Desporto Federado em Segurança; a Sustentabilidade do Modelo Desportivo e Valorização Social do Desporto; o Turismo Desportivo; o Sistema Fiscal; o Impacto Económico e Financeiro do Setor e, a Mobilização Desportiva e será agora apresentado junto do Governo.

Na sua intervenção de abertura o presidente do Comité Olímpico de Portugal, José Manuel Constantino, defendeu que o desporto e o movimento associativo não podem ficar de fora dos apoios que o governo tem previstos para apoiar os diversos setores da sociedade, sob pena de grande parte do tecido desportivo desaparecer.

Já o presidente do Comité Paralímpico de Portugal, José Manuel Lourenço, destacou a convergência que tem existido entre o COP, o CPP e a CDP, o que tem permitido a apresentação de soluções de transversais ao desporto nacional.

A encerrar a sessão Carlos Paula Cardoso, presidente da Confederação do Desporto de Portugal, defendeu que o movimento associativo deve cumprir as normas da DGS, mas também deve ter a capacidade de mostrar junto da DGS que o desporto tem especificidades que devem permitir manter o seu normal funcionamento.

Foram ainda aprovadas duas recomendações apresentadas por Jorge Vieira, presidente da Federação Portuguesa de Atletismo. Foi recomendada a organização anual da Cimeira das Federações Desportivas e a organização anual de uma Convenção de diretores técnicos nacionais de todas as modalidades desportivas, “tendo em vista, em ambos os momentos um acompanhamento do desenvolvimento nacional devidamente integrado e holístico”.

A união e a mudança foram as ideias fundamentais defendidas pelos presentes na 2ª Cimeira das Federações Desportivas. A união do movimento associativo é fundamental para a mudança que se pretende e se defende junto das entidades governativas seja uma realidade num futuro próximo.

A sessão foi oficialmente aberta pelo vereador do Desporto de Odivelas, Paulo Teixeira.

A 2.ª Cimeira das Federações Desportivas foi promovida pelo Comité Olímpico de Portugal, Comité Paralímpico de Portugal e Confederação do Desporto de Portugal e que contou nesta sua segunda edição com a adesão da Comissão de Atletas Olímpicos, Comissão de Atletas Paralímpicos e Confederação de Treinadores de Portugal. O Conselho Nacional de Associações dos Profissionais de Educação Física e Desporto e a Associação dos Atletas Olímpicos de Portugal participaram na qualidade de observadores.



Lisboa, 12 de janeiro de 2021

 

 

Parceiros Oficiais

Logótipo da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto. Logótipo do Instituto Português do Desporto e Juventude. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo dos Jogos Santa Casa.

Parceiros Comerciais

Logótipo da agência de viagens Cosmos. Logótipo da Sagres. Logótipo da Multicert. Logótipo da MDS.

Parceiros Comunicação

Logótipo da RTP. Logótipo do SAPO Desporto. Logótipo de "A Bola".
Este site utiliza cookies para ajudar a sua experiência de navegação. Ao navegar sem desativar os cookies, estará a concordar com a nossa política de cookies e com os nossos Termos, Condições e Política de Privacidade.