Confederação do Desporto de Portugal
 
CDP Comunicação e Marketing Notícias CDP Geral Movimento Desportivo pretende resposta política de acordo com os padrões internacionais

Movimento Desportivo pretende resposta política de acordo com os padrões internacionais

A 2.ª Cimeira das Federações Desportivas, a realizar no próximo dia 12 de Janeiro, quer mobilizar o Movimento Desportivo na discussão das melhores medidas para combater a progressiva, e em alguns casos irreversível, fragilização e degradação da sustentabilidade do tecido desportivo nacional, em contexto de pandemia, face à ausência de uma resposta político-desportiva cabal.

Volvido cerca de meio ano desde a 1ª Cimeira das Federações Desportivas e atravessado mais um período crítico de restrições impostas pelos sucessivos Estados de Emergência, que acarretou um forte prejuízo humano e financeiro para o desporto, Comité Olímpico de Portugal, Comité Paralímpico de Portugal, Confederação do Desporto de Portugal, Comissão de Atletas Olímpicos, Comissão de Atletas Paralímpicos e Confederação de Treinadores de Portugal observam que o Relatório da Comissão Europeia sobre o Impacto Económico da COVID-19 no setor, na União Europeia, reportou que o PIB de todos os Estados-Membros seria afetado em cerca de 10% em resultado das perdas do setor, que se estimam em cerca de menos 50.000,00 milhões de euros.

O Relatório alertou para a essencialidade dos apoios estatais no sentido de fazerem face à perda abrupta de receitas e às consequentes dificuldades das organizações desportivas no cumprimento das responsabilidades financeiras de curto, médio e longo prazo, e sublinhou a progressiva necessidade do desporto ser tratado numa lógica mais integrada, em estreita ligação com outros setores correlacionados, como é o da saúde. Ao contrário do que tem vindo a ocorrer no País, noutros setores mais vulneráveis ao impacto da crise, e na generalidade dos países europeus, com a injeção de apoios públicos ao desporto, Portugal prima pela ausência de medidas significativas.

A manutenção do atual cenário, reforçado recentemente pela ausência de qualquer resposta aos efeitos da pandemia no desporto, no leque das prioridades da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, impõe a realização da 2ª Cimeira das Federações Desportivas como momento capaz de assumir uma tomada de posição efetiva, no sentido de levar as autoridades governativas nacionais a alinharem a sua ação pelos padrões internacionais. Tornando ainda mais robusta esta iniciativa junta-se-lhe agora também o Conselho Nacional de Associações dos Profissionais de Educação Física e Desporto (CNAPEF).

Fonte: CDP/COP/CPP, 29/12/2020

Parceiros Oficiais

Logótipo da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto. Logótipo do Instituto Português do Desporto e Juventude. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo dos Jogos Santa Casa.

Parceiros Comerciais

Logótipo da agência de viagens Cosmos. Logótipo da Sagres. Logótipo da Multicert. Logótipo da MDS.

Parceiros Comunicação

Logótipo da RTP. Logótipo do SAPO Desporto. Logótipo de "A Bola".
Este site utiliza cookies para ajudar a sua experiência de navegação. Ao navegar sem desativar os cookies, estará a concordar com a nossa política de cookies e com os nossos Termos, Condições e Política de Privacidade.