Confederação do Desporto de Portugal
 
CDP Comunicação e Marketing Notícias CDP Geral CDP saúda a aprovação de resoluções que preveem o regresso da prática desportiva

CDP saúda a aprovação de resoluções que preveem o regresso da prática desportiva

A Assembleia da República aprovou hoje, em sessão plenária, dois projetos de resolução, um do Partido Comunista Português (PCP) e outro do Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV), que solicitam ao governo para tomar medidas necessária para uma "retoma gradual" da prática desportiva, neste contexto pandémico.

O projeto de resolução do PCP foi aprovado com as abstenções do Partido Socialista, do Partido Social Democrata e do CDS-PP. Já o projeto do PEV contou com a abstenção única do PS.

No projeto de resolução apresentado pelo PCP é recomendado ao governo que estabeleça normas através de "uma ampla auscultação das entidades nacionais do associativismo desportivo, aos vários níveis e com a brevidade que a situação exige" e que o executivo "implemente um programa de apoio extraordinário e urgente ao movimento associativo popular que possibilite a compensação dos prejuízos financeiros e a retoma gradual e segura das suas atividades".

O Partido Comunista Português defende ainda que seja incentivado "o regresso gradual do público a todos os eventos desportivos, salvaguardadas as normas de saúde".

Num projeto semelhante, o PEV lembra a criação, em novembro, de um grupo de trabalho para "analisar os planos de adaptação das modalidades desportivas tuteladas por federações desportivas com o estatuto de utilidade pública desportiva" e a sua conformidade com as normas sanitárias, mas que até à data não anunciou quaisquer conclusões.

"As restrições impostas, que inibem ou impossibilitam a prática de atividade física e desportiva, assim como a restrição de presença de público nos eventos desportivos têm estado a afetar significativamente este setor, desde o movimento associativo popular ao desporto de alto rendimento, o que acaba por ter efeitos muito negativos na economia do país", sublinham.

Para o presidente da Confederação do Desporto de Portugal, Carlos Paula Cardoso, as resoluções hoje aprovadas são importantes e vão ao encontro do que a CDP e o movimento associativo têm vindo a defender e a apresentar nas várias reuniões, quer com a tutela, quer com os partidos com assento parlamentar, quer ainda com várias outras entidades, como é o caso último da Ordem dos Médicos. Carlos Paula Cardoso refere ainda, que o retorno total da prática desportiva competitiva, é essencial para as federações, com um enfoque muito especial no desporto de formação e espera que auscultação às entidades nacionais do associativismo desportivo possa vir a ser o ponto de viragem necessário para a inclusão de medidas concretas que apoiem os clubes na retoma desportiva.

Na sessão foi ainda votada, e rejeitada, uma proposta de resolução da Iniciativa Liberal (IL), que recomendava ao executivo a alteração da resolução do Conselho de Ministros de 11 de setembro "no sentido de passar a permitir que, mediante regras básicas claras, toda a prática de atividade física possa ser realizada com público, de forma gradual, em estádios, pavilhões e demais recintos desportivos de todas as modalidades".

Fonte: CDP 18/12/2020

 

Parceiros Oficiais

Logótipo da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto. Logótipo do Instituto Português do Desporto e Juventude. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo dos Jogos Santa Casa.

Parceiros Comerciais

Logótipo da agência de viagens Cosmos. Logótipo da Sagres. Logótipo da Multicert.

Parceiros Comunicação

Logótipo da RTP. Logótipo do SAPO Desporto. Logótipo de "A Bola".
Este site utiliza cookies para ajudar a sua experiência de navegação. Ao navegar sem desativar os cookies, estará a concordar com a nossa política de cookies e com os nossos Termos, Condições e Política de Privacidade.