Portugal está preparado para retomar toda a atividade desportiva

Na 5.ª edição da rubrica da Confederação do Desporto de Portugal, “CDP Entrevista…”, sobre o tema “Eventos Desportivos” ficou a certeza de que é urgente a retoma de todas as iniciativas desportivas e que todo o movimento associativo tem condições assegurar todas as regras sanitárias! O tema desta semana contou com o contributo de Pedro Silva, membro da direção da CDP, e João Aranha, presidente da Federação Portuguesa de Surf.

Pedro Silva iniciou o debate mencionando que, “segundo a última resolução do Conselho de Ministros, Portugal está preparado, a 100%, para a retoma da atividade desportiva”. Exemplo disso é a Liga Meo Surf, a primeira prova realizada depois do desconfinamento.

João Aranha esclareceu que, tendo por base os planos de contingência da federação para treinos e competições e as orientações da Direção-Geral de Saúde, foram feitas muitas adaptações que permitiram a realização da primeira prova de surf, a nível mundial, após o período mais crítico provocado pela COVID-19. Para além do campeonato nacional de surf, o presidente da Federação de Surf referiu que outras modalidades, como o bodyboard, irão retomar as suas competições brevemente.

Na opinião de Pedro Silva, para haver mais competições desportivas, são necessários tempo e recursos para as federações se adaptarem e, sobretudo, público, uma parte vital destes eventos. O dirigente da CDP e a própria organização afirmam-se “convictos de que, se os portugueses se sabem comportar no teatro, no cinema e sabem seguir as recomendações das autoridades de saúde nos restaurantes, cafés e supermercados, irão ser capazes de cumprir as mesmas regras nos recintos desportivos”.

Durante o debate foram abordados, ainda, a angariação de desportistas para as diferentes modalidades, o sucesso dos atletas devido ao fator “casa”, o prestígio e reconhecimento internacional da capacidade organizativa e os benefícios sociais, políticos e, sobretudo, financeiros, vantagens associadas à organização de competições desportivas nacionais e internacionais, em Portugal.

A transmissão on-line terminou com a concordância de ambos os entrevistados quanto à dificuldade de planeamento da época 2020/21. Contudo, tanto Pedro Silva como João Aranha, consideram que as federações desportivas estão preparadas para todas as adaptações que sejam necessárias, desde que lhes ofereçam meios e condições para tal e que, é essencial que se perca o medo para que o próximo ano seja repleto de competições.

Esta sessão encerrou a primeira temporada da rubrica “CDP Entrevista…” que vai de férias no mês de agosto, estando o regresso marcado para setembro, com outros convidados e outros temas importantes do Desporto!

Fonte: CDP, 06/08/2020