Confederação do Desporto de Portugal
 
CDP Comunicação e Marketing Notícias CDP Geral Comunicado Presidente da CDP

Comunicado Presidente da CDP

Caros Amigos
Previsivelmente o século que atravessamos ficará registado na história dos tempos como o Século da Globalização. Os bons e os maus momentos, que tem afetado a humanidade, chegam-nos, na verdade, com uma realidade inigualável. Vivemos assim “paredes meias” com o Tsunami que, em 2004, ceifou, nas margens do oceano Índico dezenas de milhares de vidas; com os efeitos devastadores do furacão Katrina em 2005; ou com o desastre nuclear que, em 2011, atingiu a central de Fukushima, no Japão.

Hoje deparamo-nos com uma realidade que poucos poderiam imaginar neste âmbito da globalidade planetária. Estamos de facto perante algo que, nós humanos, no “pedestal” de espécie dominadora e dona do planeta jamais poderíamos pensar ser possível. Um “simples” vírus veio desorganizar completamente o nosso modo de vida, causando do ponto de vista económico, social e psicológico, ao nível individual e coletivo, um impacto inimaginável, podendo, no limite, contribuir para um declínio civilizacional.

O desporto que, de “braços abertos”, aproveitou a globalização para o seu crescimento sem precedentes nas duas últimas décadas, não poderia ficar imune. Num curtíssimo espaço temporal, foi obrigado a mudar completamente o seu, há muito estabelecido, calendário universal, levando, relutantemente, o Comité Internacional Olímpico a adiar os Jogos Olímpicos de Tóquio. A Chama continuará lá, mas os atletas não!

Os tempos que se avizinham serão obviamente difíceis. O COVID-19 deixará um rasto de destruição ao nível pessoal e económico ainda não contabilizável. O desporto que, foi durante o último século e meio um dos faróis da civilização, será no geral fortemente abalado. Compete-nos a todos ter ideias e trabalhar para que aquele farol continue a brilhar e evitar que possamos no futuro dizer que houve um desporto antes e um desporto pós COVID-19.

Assim e na sequência da nossa comunicação de 19 de março pp., continuamos a trabalhar diariamente, com a tutela e parceiros, de modo a que, uma vez ultrapassado este período crítico, possamos todos retomar as nossas atividades e prosseguir objetivos. No imediato, o grande foco tem sido no sentido de assegurar o normal financiamento das federações desportivas e acesso aos demais programas de apoio lançados pelo governo (informação que vos partilho num documento anexo a esta mensagem). Iremos assim, de uma maneira proactiva, continuar a estabelecer um diálogo com entidades e individualidades, dentro e fora do desporto, para que seja possível, em conjunto, construir as melhores soluções.

Estarei, eu pessoalmente e a CDP, igualmente disponíveis para, com cada um de vós, auxiliarmos nas adversidades que possam surgir durante este período.

Neste momento, o mais importante é preservarmos a nossa saúde, dos nossos familiares e de todos os membros das nossas organizações. Para tal, é essencial cumprirmos e fazermos cumprir as recomendações da Direção Geral de Saúde e demais autoridades. Esperamos que em breve os desenvolvimentos na investigação e medicina nos permitam retomar as nossas atividades sem risco para os nossos atletas e demais agentes desportivos.

Mantenham-se protegidos e ajudem a proteger os outros. Votos de boa saúde e ânimo forte!



Atentamente,

Carlos Paula Cardoso
Presidente da CDP

Parceiros Oficiais

Logótipo da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto. Logótipo do Instituto Português do Desporto e Juventude. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo da Câmara Municipal de Oeiras. Logótipo dos Jogos Santa Casa.

Parceiros Comerciais

Logótipo da agência de viagens Cosmos. Logótipo da Sagres. Logótipo da Multicert. Logótipo da MDS.

Parceiros Comunicação

Logótipo da RTP. Logótipo do SAPO Desporto. Logótipo de "A Bola".
Este site utiliza cookies para ajudar a sua experiência de navegação. Ao navegar sem desativar os cookies, estará a concordar com a nossa política de cookies e com os nossos Termos, Condições e Política de Privacidade.